Marchas 2015: Bastionas 2015

0

“Bastionas 2015”

Pára já tude, cou quer falar
ouvi dezer ca coisa se vai casar
tu na me digas, ô na quer bôle
nem arroz doce, só metade dum felar
Esqué tude à grande, comás nevelas
Cala essa boca que vêm aí elas
Qué que se passa? Ai que trabalhes!
Vocês são todas umas bocas comóns escalhes
Né casamente, é tude em um
As Bastionas fazem nove anes mais um
Fomes coelhinhas e gatas das botas
Agora semes rainhas das copas
Estribilho
Só falta um rê encantade
Que balhe cômó sapatêre
Na pode ser alêjáde
E tem de ter… muite denhêr!!!
Tem que ser parecide conmigue
Mas alte cômó anão
Dê-me pe riba do imbigue
Seja benite… cômó trevão
Letra: Pedro Lucas
Música: Nuno Abelha
Cantam: Nuno Estrelinha e Pedro Lucas



  • PARTILHA!