Marchas 2017: Gramesindas 2017 – Árrelar Árrelar

0

“Gramesindas 2017 – Árrelar Árrelar”

Olha que isto tá forte
Olha que isto tá bom
Pavi daquele médico lambão
Sabe a toda de cor aquele tolerão
Mandou-me fazer pungle
Até ao fim do Verão

Desque era o maior, era o campeão
Tem um nariz como um arrastão
Ána ni na não ficas tu eu não
A mim não m’inganas não

Árrelar árrelar
Tenhe o mê cerebre árrelar
Árrelar árrelar
Já liguê pó Canadá
Passa-me o amendoin

Á fê que tás aí
Se te apanhe na praia
Saque te da nha travessa
E faço-te a cara comó
S a n t e s e d a r e
Ar ar ar ar, vais precisar

Sabes comé có me chamé, sabes
Mê nome é Grame, é Gramesindas
E sou pior có Stina
Tás a ver man
Sou pior có Stina
Seu arranhacéus intertado
Seu pinóquio infezade
Na te metas mais comigue
Oka não ficas co olhe cmó José Cid

Já fui Lady Gaga, já fui guitarrista
Já tive uma espada e fui taxista
Já fui Mãe de Sante eh oh
E tenhe um bigode eh eh
Caté mete mede eh oh
E na pape grupes eheh eheheee

É precise é teres mêde
Chegas-te ó pé de mim que vais ver
As cenas, bacanos
Conheço-te à ginjareles
Na pape grupes
Acaba lá ca cena… Descontra

Letra: Sónia Vidinha “XOLA”
Arranjos Musicais: Nuno Abelha
Canta: Sónia Vidinha “XOLA” e Outras Grames

DOWNLOAD: Clique aqui!




  • PARTILHA!